NOTÍCIAS DO RIO GRANDE DO NORTE


07/01/2013 13h42 - Atualizado em 07/01/2013 13h42

Detetive de arte encontra obra de Matisse roubada há 25 anos na Suécia

ESTOCOLMO, 7 Jan (Reuters) - Um detetive de arte britânico recuperou uma pintura do artista francês Henri Matisse roubada há 25 anos de um museu de Estocolmo.

A obra "Le Jardin", avaliada em cerca de 6 milhões de coroas suecas (916.200 dólares), foi recuperada por Christopher Marinello, um especialista em recuperação de arte do Art Loss Register, em Londres.

"É fantástico que a pintura tenha aparecido de novo", disse Kristin Ek, porta-voz do Moderna Museet, em Estocolmo. "Ela foi roubada há tanto tempo que nós realmente tínhamos quase perdido a esperança".

A pintura foi roubada em maio de 1987 quando um ladrão invadiu o museu com uma marreta durante a noite.

O roubo foi relatado tanto para a Interpol quanto para a Art Loss Register (ALR), o maior banco de dados privados internacionais do mundo sobre artes roubadas, perdidas e saqueadas.



Detetive particular diz que cantora Whitney Houston foi assassinada

Um detetive particular garante que há indícios de que a cantora Whitney Houston foi assassinada e que o motivo foi um acerto de contas com traficantes por uma dívida milionária, informou o site PerezHilton.

O investigador Paul Huebl assegura que existe um grande número de provas que "apontam que Whitney foi vítima de poderosos narcotraficantes que enviaram matadores para cobrar uma grande dívida por entorpecentes".

"O corpo de Whitney mostra as clássicas contusões por defesa que poderiam ter ocorrido enquanto lutava por salvar sua vida", indicou Huebl, apesar de os relatórios oficiais após a morte da artista terem revelado que não houve resistência e que a causa da morte foi um afogamento acidental no qual influíram um problema cardíaco e o consumo de cocaína.

As conclusões do investigador se baseiam em pistas fornecidas por informantes do tráfico, uma análise do relatório do legista e vídeos do hotel de Beverly Hills no qual a cantora morreu.



Detetive cita sete pistas para identificar homens e mulheres que traem

Esqueça aqueles velhos clichês de novelas e filmes dos anos 80 em que a esposa desconfiada investiga os pertences do marido até achar uma malfadada mancha de batom no colarinho da camisa ou um comprovante de cartão de crédito com nome de motel. Hoje em dia, os batons têm melhor qualidade, os motéis se escondem sob a sutileza de uma razão social pouco sexy e os infiéis estão um pouco mais atentos para não deixar pistas tão evidentes da traição.

Mas mesmo assim, segundo a detetive particular Angela Bekeredjian, de São Paulo (SP), ainda é possível perceber sinais que indicam a infidelidade do outro. “Namorados, noivos ou cônjuges têm seus próprios costumes e particularidades que somente os dois podem entender. Quando um ou outro muda seu jeito de ser, é bom ficar alerta. A mudança pode ser sutil e, em muitos casos, não é para pior, mas para melhor”, conta.

Há quase 50 anos investigando homens e mulheres que traem, “Angela Detetive”, como é conhecida, cita uma mudança de comportamento que pode ser suspeita. “Um bom exemplo é o marido que passa a encher a esposa de presentinhos sem motivo especial”, afirma.

Foi o que aconteceu com a artista plástica curitibana Marina Vicente, de 35 anos. “Meu ex-marido, de repente, começou a me trazer bombons, flores, revistas importadas super caras e outros presentes sem motivo algum. Comecei a desconfiar, pois ele sempre foi pão-duro. Resolvi segui-lo e confirmei a suspeita: tinha outra na jogada”, revela.

A neuropsicóloga Gislaine Gil, do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo (SP), diz que hoje em dia as mulheres traem tanto quanto os homens. “Isso acontece principalmente com as mais novas, pois a conquista do mercado de trabalho ampliou as oportunidades de trair. Para elas, há uma ‘vitrine’ tentadora de homens”, conta.




22/10/2012 10h40 - Atualizado em 22/10/2012 11h03

Secretaria de Saúde confirma mais de 11 mil casos de dengue no RN

São 31.548 casos suspeitos de janeiro até 6/10; 11.210 são confirmados.
Em todo o RN, 107 municípios apresentam incidência alta da doença.


A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) do Rio Grande do Norte divulgou, na manhã desta segunda-feira (22), seu mais novo boletim com os números da doença no estado. As informações são referentes à Semana Epidemiológica número 40, que representa os dados notificados desde o início do ano até o dia 6 deste mês.
Neste período, segundo o relatório, foram registrados 31.548 casos suspeitos de dengue, sendo 11.210 casos confirmados até o momento. Em todo o Rio Grande do Norte, 107 municípios apresentam incidência alta da doença.
22/10/2012 09h31 - Atualizado em 22/10/2012 09h31

Pai e filha são mortos em São Paulo do Potengi, no Rio Grande do Norte

Além dos parentes, uma terceira pessoa também foi atingida pelos disparos.
Assassinos estavam encapuzados a bordo de uma motocicleta.


O Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) registrou um duplo homicídio na cidade de São Paulo do Potengi, distante 71 quilômetros de Natal. As vítimas eram pai e filha. Segundo registro do Ciosp, dois homens encapuzados chegaram a bordo de uma motocicleta a um quiosque no bairro Santos Dumont atirando contra três pessoas.



19/10/2012 09h41 - Atualizado em 19/10/2012 09h49

Candidatos de Natal comentam 1ª pesquisa Ibope do segundo turno

Carlos Eduardo e Hermano Moraes falaram nesta sexta sobre o resultado.
Candidato do PDT aparece com 49% na estimulada; peemedebista, 35%.


Os candidatos Carlos Eduardo (PDT) e Hermano Moraes (PMDB), que disputam a Prefeitura de Natal na eleição municipal deste ano comentaram, nesta sexta-feira (19), o resultado da primeira pesquisa Ibope realizada neste segundo turno. Os dados foram divulgados na noite desta quinta, pela Inter TV Cabugi, que encomendou a sondagem.
Pelos números do instituto, o candidato do PDT aparece com 49% das intenções de voto na pesquisa estimulada; o peemedibista tem 35%. Analisando apenas os votos válidos, Carlos Eduardo soma 58%; Hermano, 42%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário